O acidente de carro de Kevin Hart: o que aconteceu e como ele se recuperou

Comediante e ator americano Kevin Hart sofreu um grave acidente de carro em 1º de setembro de 2019. Hart estava em um carro vintage Plymouth Barracuda dirigido pelo amigo Jared Black quando ele perdeu o controle do veículo e bateu em um barranco e uma cerca.

Os dois homens foram levados a hospitais locais com graves lesões, mas a lesão de Hart foi particularmente preocupante. Ele foi submetido a uma cirurgia para reparar três fraturas em sua coluna vertebral, que afetaram suas vértebras torácicas T10, T11 e T12. Embora a cirurgia tenha sido bem sucedida, os médicos disseram que Hart teria que passar por semanas de reabilitação antes de poder voltar à sua carreira ativa.

Hart levou isso a sério e focou intensamente em sua recuperação física e mental. Nas semanas seguintes ao acidente, ele foi visto em público usando uma cinta nas costas para ajudar a dar suporte à sua coluna vertebral e prevenir futuros danos. Ele também passou por fisioterapia regularmente, trabalhando para reconstruir sua força e flexibilidade.

Além de sua recuperação física, Hart também falou publicamente sobre sua recuperação emocional. Ele postou em mídias sociais e fez entrevistas em que discutiu como o acidente o afetou profundamente e como ele precisou trabalhar para superar a ansiedade e o medo debilitantes.

Em dezembro de 2019, Hart finalmente voltou ao trabalho, fazendo sua primeira aparição em um evento de caridade chamado Muscle Ball. Ele continuou a se apresentar em outros eventos e, em março de 2020, foi confirmado que ele havia assinado um contrato com a Quibi para apresentar uma série de entrevistas com celebridades chamada Kevin Hart: Grey Area with Kevin Hart.

Embora o acidente de carro de Hart tenha sido uma experiência terrível e difícil, ele trabalhou incansavelmente para se recuperar totalmente e voltar à sua carreira. A determinação e o compromisso de Hart com sua recuperação são inspiradores e um lembrete de que, mesmo no rosto de desafios aparentemente impossíveis, podemos perseverar e seguir em frente.